Tráfego Pago ou Orgânico? A Verdade Revelada

Tento sempre tirar a dúvida do pessoal que me pergunta, e a questão é a seguinte…
Tráfego Pago ou Orgânico? A Verdade Revelada 1

Tráfego Pago e Orgânico, qual a diferença?

Com certeza você é uma daquelas pessoas que está buscando sempre melhorar o destaque do seu negócio online. E se você já fez o mínimo deve ter ficado bem confuso com relação a resultados pagos e orgânicos.
Eu mesmo já fiquei bem perdido com a quantidade de termos que o marketing digital tem, por isso estou aqui para te esclarecer algumas coisas.
Primeiramente queria dizer que os resultados orgânicos são realmente tão importantes quanto todo mundo fala. Quando você tem resultados orgânicos isso mostra que seu conteúdo é bom e seu produto é o que as pessoas precisam.
É normal que no início você precise realmente dos resultados pagos, mas isso se torna um problema inviável no longo prazo. Se você não consegue criar resultados orgânicos é provavelmente porque está indo no caminho errado.
A ideia que eu quero passar para você, é que os dois tipos de investimentos têm que andar juntos, pelo menos no início. Muita gente, e acredito que você também, se preocupa em entregar o melhor conteúdo possível. E não há nada melhor do que isso para gerar um tráfego orgânico legal.
Mas infelizmente é normal que essas mesmas pessoas, e talvez você também, tenha gasto todas as suas energias ali e o SEO fica esquecido.
Não adianta também entregar um conteúdo tão incrível se as pessoas não vão saber que ele existe…
A solução que muitos encontram é impulsionar o conteúdo de modo pago. Aí vale de tudo, redes sociais, Adwords e etc… Porém o SEO continua sem um bom trabalho.

Vamos meditar um pouco:

O tráfego pago é literalmente pago. Não vem de graça. Isso realmente é interessante no curto prazo para quem acabou de começar o seu negócio. Pense nele como uma espécie de outbound marketing.

Você vai até as pessoas para que elas saibam que você existe. E acredite, tem muita gente em tudo quanto é canto para achar as soluções que você oferece, mas não tem ideia da sua existência. Este é um problema crasso da maioria dos meus clientes.
Eles investem só no impulsionamento pago e o resultado é que no longo prazo ninguém fica sabendo da sua existência.
A Coca por exemplo, não precisa investir em impulsionamentos pagos porque é um produto tão consolidado no mercado que os resultados orgânicos são mais do que suficientes. Eles têm dinheiro para investir? Têm, com certeza.
Mas não precisam.
Os resultados orgânicos realmente sustentam toda a empresa. Tenha em mente uma coisa (mas é para decorar mesmo!): No longo prazo seu negócio só vai se sustentar se tiver resultados orgânicos, e como você consegue isto? Com SEO, ponto.
Não tem como você crescer se tiver que pagar R$100,00 todo dia para lucrar R$10,00…
O melhor jeito de se posicionar organicamente no mercado é através do SEO. Alguns conseguem destaque com uma rede sólida de seguidores, seja pelo Facebook ou Instagram. Até mesmo o twitter que está um pouco jogado de lado, mas o Google é a maior fonte de tráfego do mundo.

Realmente o SEO ganha destaque neste tipo de tarefa. Com ele é possível captar dezenas de milhares de acessos em um só dia. Como seria possível fazer isso com tráfego pago?

No longo prazo o SEO vai te tornar o primeiro da sua concorrência. Claro que gerar resultados orgânicos não é algo fácil. Mas estou aqui para te ajudar nesta tarefa.

Sempre que puder, irei fornecer dicas e tirar dúvidas como estas, as vezes também alguns “macetes” para facilitar sua vida.

2 comentários em “Tráfego Pago ou Orgânico? A Verdade Revelada”

Deixe um comentário