Como Rankear Conteúdo Facilmente (Mesmo Sendo Novo)

Como Rankear Conteúdo Facilmente (Mesmo Sendo Novo)

Rankear conteúdo é um dos maiores desafios para quem está começando a produzir conteúdos. Seja para melhorar o ranqueamento do site, ou então para ter um negócio online, você precisa realmente atingir este objetivo.

Mas a verdade é que hoje as técnicas de SEO são tão variadas e complexas que fica um pouco difícil descobrir tudo o que está envolvido. Sendo assim resolvi tirar o dia de hoje para dar algumas técnicas simples e práticas sobre este assunto.

Assim até o final deste artigo você vai estar apto a saber tudo o que precisa para rankear conteúdo nas primeiras páginas do Google mesmo sendo novo. Vamos lá?

Como rankear conteúdo nas primeiras posições?

Vou falar em termos mais iniciais e simples, afinal de contas não sei qual o seu grau de experiência. Mas rankear um conteúdo é realmente uma questão de trabalhar bem o seu SEO.

SEO é uma sigla que significa Search Engine Optimization, em português Otimização do Mecanismo de busca. Este é um conjunto de regras que servem para colocar o seu site como uma pontuação que vai dizer onde ele aparece nas buscas.

Todas as regras consideradas não são disponibilizadas pelo Google, entretanto existe um número considerável de técnicas que nos permitem atingir as primeiras posições.

Então sempre que você ver algum detalhe aqui, considero com bastante importância.

Outro ponto importante é que estaremos falando de atitudes que precisam ser tomadas no seu site e fora dele. São os famosos SEO On Page e Off Page. Dois conjuntos de técnicas que aumentam o score e a autoridade do domínio.

Um não deve ser feito sem o outro, ou então é só metade do sucesso do trabalho. Você pode tentar ter o melhor conteúdo do mundo, sem autoridade o Google simplesmente te ignora.

1 – Escolha bem as palavras-chave

Sempre que você cria um site ou um artigo é essencial definir as palavras-chave para ele. Esses são termos que o Google vai levar em consideração na hora de uma busca.

Para você entender melhor, vou dividir as keywords em dois tipos: Head Tail e Long Tail.

Palavras do primeiro tipo são aquelas que mostram um assunto em geral não muito específico. Digamos que por exemplo você escreva um texto falando sobre hipnoterapia.

Uma boa Head Tail seria hipnose. Mas alguém que faz uma busca por Hipnose pode estar procurando várias coisas, não necessariamente o que você quer dizer.

Às vezes ela vai querer saber sobre hipnoterapia, ou então sobre a teoria da hipnose. Ou mesmo pode estar procurando um filme com esse nome.

As palavras-chave Long Tail são aquelas que usam termos com várias palavras para ajudar na busca de algo mais específico. Por exemplo: “como a hipnoterapia funciona?”.

O Google permite que você tenha uma palavra-chave principal e infinitas secundárias. Então escolha uma long tail para ser a principal e várias dos outros tipos para serem as secundárias.

2 – Tenha uma escrita impecável e simples

O termo Readability é bastante utilizado no mundo do SEO. Ele é uma espécie de qualidade dos textos em questão serem fáceis ou não para ler. Este é um termo bastante envolto em mistérios. Ninguém consegue descobrir tudo o que faz um texto ser ou não fácil de ler.

Mas alguns pontos essenciais são a questão das palavras de transição. Seu texto precisa ter pelo menos uma frase com palavras de transição a cada 3.

Utilizar termos muito rebuscados pode prejudicar, entretanto o que dificulta mesmo são frases e parágrafos muito longos. Tente sempre ter no máximo 19 palavras por frase e não mais de 3 linhas por parágrafo.

Se possível crie um texto em listas e sempre use bullet points para fazer sequências de informações. Tudo isso conta, inclusive inserir negritos e itálicos no texto.

É bom que seus subtítulos respondam a uma ordem de hierarquia lógica e não passem de 300 palavras cada um.

3 – Melhore suas imagens

Imagens são essenciais para a qualidade de um texto. Afinal de contas uma imagem vale mais do que mil palavras, não é? Qualquer texto precisa ter pelo menos uma imagem com o texto alternativo contendo sua palavra-chave.

Mas as coisas vão além disso. O Google leva a sério o tamanho dos arquivos de imagens. Pois são eles que vão deixar sua página mais lenta na hora de carregar.

Rankear conteúdo também envolve ter um site veloz e versátil. Sendo assim tente utilizar plugins como o Smush que ajudam bastante neste tipo de tarefa.

Se você quer aprender como fazer SEO nas suas imagens, clique aqui.

4 – Melhore a otimização do seu site

Tudo o que falamos aqui até agora contempla o que chamamos de SEO Onpage. Essas são regras e detalhes que vão contar todos os fatores que envolvem diretamente o seu site.

Mas por si só este tipo de estratégia não é suficiente. Estamos falando da necessidade de autoridade. Se o Google vai decidir sobre rankear conteúdo nas primeiras posições ele precisa entender se as pessoas estão comentando sobre ele.

Não tem como o buscador entender se seu conteúdo é bom simplesmente lendo ele. É necessário que uma pessoa entendida do assunto fizesse isso. Então para resolver a situação o Google criou uma estratégia de contar quantas vezes um conteúdo é citado.

Assim dá para entender que algo é relevante por sua popularidade. Infelizmente esta parte é um pouco complicada, pois vai exigir o que chamamos de backlinks.

Um backlink é todo link feito por um domínio que não é o seu, mas aponta para o seu. Quanto maior for a autoridade do domínio que cedeu o backlink, maior será a autoridade de quem vai receber o backlink.

Conseguir um não é tarefa fácil, infelizmente. Você pode tentar pedir, mas dificilmente alguém vai abrir mão de um com tanta facilidade. Sendo assim é importante levar a sério a possibilidade de criar pelo menos um conteúdo gratuito como Guest Post.

5 – Use PBN

Esta é uma estratégia que leva em consideração os backlinks criados em uma cadeia de blogs particular (Private Blog Network). Basicamente você cria vários blogs só para fazê-los enviar conexões ao seu domínio.

Os resultados das PBNs são realmente fantásticos e podem ser vistos em pouco tempo. Apesar de ser uma estratégia black hat, dá muito resultado se for feita da maneira correta.

Os buscadores não desejam que você crie conteúdo que não existe só para fazer links. Esta é uma autoridade não tão autoridade assim. Se você criar vários blogs na mesma hospedagem ou criar links de maneira caótica, os resultados são terríveis.

Se você tem interesse em aprender isto, conheça nosso artigo sobre o que é pbn.

Então tenha em mente que esta estratégia é melhor executada por profissionais da área.

Rankear Conteúdo não é a tarefa mais difícil do mundo, mas vai exigir bastante trabalho e dedicação. Quanto melhor for escrito o conteúdo, melhores serão os resultados, por isso é sempre necessário pesquisa e investigação.

Então tenha certeza de que você está no caminho certo sempre analisando a sua concorrência e seus comportamentos. Este talvez seja um dos melhores jeitos de encontrar os melhores assuntos para se trabalhar em cima.

Utilizar impulsionamentos pagos é uma das melhores maneiras de garantir um tráfego mesmo quando já se está bem posicionado. O mesmo eu digo em relação a contratar trabalhos profissionais para criar estruturas como PBN.

Deixe um comentário