Como Rankear no Google? Aprenda como Fazer Agora

Como Rankear no Google? Aprenda como Fazer Agora

Como rankear no Google? Esta é uma pergunta que quase todo mundo está fazendo hoje em dia. Mas o motivo é bem simples, ter resultados orgânicos é a melhor forma de alavancar seu negócio.

Se você, por exemplo, consegue se colocar na primeira posição de uma busca, é bem possível capturar quase que 90% dos acessos. Imagine esta proporção quando falamos de palavras-chave com centenas de milhares de buscas mensais.

Parece um pouco desafiador, mas os resultados com certeza valem a pena. Então nada mais natural do que hoje trazer para vocês um guia bastante elaborado de como rankear no Google. Siga cada um dos passos e você vai estar assim mais perto do primeiro lugar.

Mas já vou te adiantando que muito provavelmente você tenha que aprender vários termos como head tail e long tail, palavras-chave, marketing digital e semelhantes. Então não pare só na leitura desta matéria.

Como Rankear no Google

Existem uma série de artifícios e técnicas que podem deixar seu site bastante interessantes para o Google. Há então duas linhas principais por onde você deve trabalhar. Primeiramente há a linha de SEO On Page e depois a linha de SEO Off Page.

SEO On Page

Acredito que ambos os nomes já sejam um bocado específicos. O SEO On Page, é um conjunto de técnicas aplicadas “dentro” do seu site. Assim você consegue melhorar a sua pontuação de dentro para fora.

Um dos fundamentos básicos do SEO On Page é ter uma boa densidade de palavra-chave. Então sempre que possível seu texto deve ter no mínimo 0,5% de palavras-chaves no texto ou no máximo 2,5%.

A principal preocupação da maioria das pessoas aqui é escolher uma palavra-chave que possa ser repetida com facilidade no texto. Entenda que às vezes a busca pode ser complexa de ser inserida como “chá emagrecedor gengibre“. Você vê que esta palavra-chave existe com várias buscas, mas não vai conseguir inseri-la no texto mantendo uma lógica.

O Google consegue captar erros de gramática, então vale a pena sempre conferir.

Há também aspectos mais técnicos do SEO On Page. Primeiramente o Google precisa se deparar com uma sessão chamada Meta no seu site bem construída. Ela não muda em nada o visual e o desempenho do seu site. Mas é parte essencial para informar do que a sua página se trata.

É ali onde os “robôs” do Google vão iniciar a sua busca e pontuação, é lá onde devem estar inseridas suas palavras-chave também. Quanto mais descritiva esta sessão for, melhor.

O tempo de carregamento da página também é essencial para um bom desempenho. Assim você deve sempre manter imagens mais leves e vídeos se possível carregados em outro lugar.

Pontos importantes:

O Google leva muito a sério a ideia de SEO On Page, mas ele sozinho infelizmente não significa tanta coisa. O tema de como rankear no Google diz muito sobre o que chamamos de autoridade do domínio. Mas este é um assunto sobre o próximo tópico.

O que eu quero te alertar aqui é que seu trabalho não para no seu site, há muita coisa que deve ser feita do “lado de fora” também.

Porém, antes de passar para o próximo tópico, gostaria de dar umas dicas básicas. Primeiramente devo te lembrar que o Google leva portabilidade à sério, então seu site precisa ser responsivo de qualquer jeito.

Um site responsivo é aquele que possui uma visualização perfeita tanto em computadores como em celulares e tablets. Independentemente do tamanho das telas seu site não deve apresentar problemas visuais.

O tempo em que as pessoas ficam em seu site é crucial. Então não crie click baits e outros conteúdos fracos que vão taxar seu site como irrelevante.

Se você quer aprender mais sobre o SEO On Page, clique aqui e confira um texto sobre escrita otimizada.

SEO Off Page

O SEO Off Page é um dos melhores meios de se fazer seu site ganhar uma boa notoriedade. Normalmente encontro pessoas que gastaram muito tempo e dinheiro no On Page, mas acabaram sem nenhum resultado.

O fato é que você pode ter uma Ferrari na garagem, se não houver combustível no tanque ela não vai sair do lugar. Um não anda sem o outro, para SEO não é nem um pouco diferente. Você pode auditar o seu site quantas vezes quiser, sem Off Page não vai sair do lugar.

Basicamente este termo engloba um conjunto de regras muito importantes para garantir que o Google entenda que seu site é relevante. Imagine você procurando um restaurante para um pedido de noivado.

Todos os casais que você conhece apontam que o melhor possível é o restaurante x. Às vezes ele pode ser bem mediano. Ou então até mesmo ter opções melhores que acabaram de abrir. Mas a indicação popular é que normalmente vai fazer a diferença na hora da escolha.

O Google funciona do exato mesmo jeito. Quanto mais sites apontam para o seu, mais ele subiram no ranking. Assim como você encontra a importância de estar em alta nas redes sociais. Muitos inclusive se tornam virais e acabam alcançando a fama do dia para a noite.

Pontos Importantes

A verdade é que embora o PBN seja o instrumento mais indicado para que você consiga um bom posicionamento, não o faça de qualquer jeito! É extremamente arriscado exagerar na quantidade de links e você pode ser altamente penalizado se não fizer do jeito certo.

Normalmente as práticas mais agressivas de SEO On Page e Off Page têm sido taxadas de Black Hat. Embora possam gerar algum resultado rápido é normal que no médio e longo prazo seu site seja extremamente penalizado.

Dicas adicionais de como rankear no Google

Como Rankear no Google? Aprenda como Fazer Agora 1

Palavras-chave devem ser escolhidas sempre em função do número de buscas. Sendo assim o ideal é que no início você encontre palavras-chave menos concorridas e vá aumentando a dificuldade junto à sua autoridade.

Mas você não precisa escolher só um termo para a busca do seu site, e nem deve! A maioria dos sites vai apostar só em long tails, entretanto é essencial ter uma boa base também com as head tails.

Calma, se você não entendeu nada eu te explico. Uma palavra-chave head tail é algo mais simples e geral sobre o assunto, digamos “dieta”. Você não diz sobre o que realmente quer falar, só sobre o assunto em geral.

Dificilmente eu recomendo para que essa seja a Keyword primária. Você vai se encontrar em lugares muito concorridos onde as pessoas não necessariamente vão querer o que seu conteúdo apresenta. Então mesmo que esteja no primeiro lugar pode ser irrelevante.

As Long Tails já são bem diferentes. Aqui encontramos Keywords que dão uma ideia mais exata do que você está oferecendo. Como por exemplo “como rankear no Google”, dificilmente alguém que faz esta busca está procurando um desconto para comprar carros, não é?

Esses são termos excelentes para se usar de palavras-chave primárias.

Conclusão sobre como rankear no Google

Chegar em primeiro lugar no Google não é tarefa fácil. É necessário muita dedicação e concentração. Mas você começa a colher os seus frutos aos poucos, conforme for aprimorando seu On Page e Off Page.

O fato é que no longo prazo os resultados são muito bons e geram uma receita incrível para a maioria. Então comece a partir de hoje a melhorar sua pontuação.

Quaisquer dúvidas estou à disposição para responder nos comentários, ok?

Deixe um comentário